Não obstante a demonstração de boa vontade por parte dos mexicanos, Donald Trump fez questão de afirmar durante translado para a Normandia, onde compareceu em cerimônia pelos 75 anos do Dia D, que está disposto a levar adiante a ideia de impor tarifas progressivas aos produtos mexicanos.

O discurso não foi bem recebido nem mesmo por boa parte dos republicanos, que acenam com a possível perda de meio milhão de empregos, caso o plano seja posto em prática, e temem pela repercussão que isso poderia levar para as eleições do ano que vem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui