Nesta sexta-feira (31), foi realizado, em São Paulo, o Leilão para suprimento a Boa Vista e localidades conectadas, com negociação total de 263,5 MW para fornecimento a partir de 28 de junho de 2021, envolvendo investimentos de R$ 1,62 bilhão.

De acordo com o Ministério de Minas e Energia, ao todo, foram nove soluções de suprimento contratadas, com preço médio de R$ 833 por MWh, com deságio médio de 22,7% em relação ao preço inicial de R$ 1.078,00 por MWh.

Entre os vencedores estão sete projetos de fontes renováveis, que incluem usinas solares fotovoltaicas, a biomassa e biocombustíveis.