Divulgação/CGU

O Comitê de Monitoramento e Avaliação de Subsídios da União (CMAS) será responsável por reavaliar políticas públicas e ajudar na estratégia da equipe econômica de reduzir as denúncias até 2022.

O governo federal estipulou oito programas e ações, custeadas por subsídios, que entrarão como prioridade para este ano, incluindo a Zona Franca de Manaus. A restituição de benefícios tributários é um passo importante para a reforma tributária.

Segundo Alexandre Manoel, secretário de Avaliação de Políticas Públicas, Planejamento, Energia e Loterias, o objetivo da reavaliação não é por fim na prática de subsídios, mas reconhecer quando não trazem retorno e possibilitar ganho fiscal.