Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Em seminário do Correio Braziliense, nesta quarta-feira (20), o ministro Paulo Guedes, ao comentar as perspectivas após a esperada aprovação da reforma da Previdência, disse também que as privatizações vão ajudar a reduzir os juros da dívida.

“Por enquanto, não tem peixe grande nas concessões, mas daqui a pouco começaremos.”

Desde a campanha, a equipe econômica do presidente Jair Bolsonaro (PSL) quer reduzir as estatais federais, que hoje somam 138. Guedes quer privatizar o maior número possível de empresas, principalmente as deficitárias, que exigem aportes do Tesouro Nacional. Atualmente, 18 companhias dependem de repasses e consomem R$ 15 bilhões por ano. Para especialistas, a Empresa Brasileira de Comunicação (EBC), Valec e Empresa de Planejamento e Logística (EPL) estão no topo da lista para serem vendidas ou extintas. Mas as privatizações devem ir muito além e incluir Serpro, Dataprev e Telebras.