Divulgação
Spread the love

Existe um cenário otimista, por parte do governo brasileiro, de que na próxima semana, na rodada de negociação que acontecerá em Buenos Aires, o acordo comercial entre a União Europeia e o Mercosul seja assinado.

Simultaneamente ao acordo com a União Europeia, o governo brasileiro pretende finalizar, em seu primeiro ano, as negociações entre o Mercosul com a Associação Europeia de Livre Comércio (EFTA).

O acordo com o Canadá é também uma das prioridades da atual equipe econômica, em busca de uma melhoria na competitividade do Brasil no comércio internacional.

Está também na agenda para 2019 o início de uma redução lenta e gradual das tarifas de importação de bens intermediários, de capital e de informática. O governo quer reduzir, até o final da gestão do presidente Jair Bolsonaro, em média 50% da tarifa.