Spread the love

Em entrevista à CBN, o cientista político e doutor em sociologia Murilo de Aragão atribui a fala de Bolsonaro sobre os manifestantes, ‘idiotas úteis’, a uma guerra de narrativas e avaliou que outros temas podem gerar futuras mobilizações, como as reivindicações dos caminhoneiros.

” O governo se surpreende com o tamanho das manifestações, de certa forma essas manifestações acordam a oposição nas ruas, que antes não existia.” Aragão acrescenta que há falha na comunicação enfrentada pelo governo. “Existe por parte do governo uma confusão na comunicação, que dão as condições para que os protestos terminem sendo maiores do que eu achava que seriam.”  Avaliou o cientista político.

Ao ser questionado sobre o cunho político das manifestações, Aragão ressaltou que é natural que a oposição aproveite qualquer evento que contrária o governo para tentar ganhar apoio na opinião pública. “É difícil nesse momento que as manifestações sejam infladas por outras agendas e se transformem em uma onda de protesto como foi em 2013.” O cientista político também comentou sobre possíveis manifestações futuras. ” Sinto que hoje, as manifestações como se apresentam, são de uma pauta de educação. Eu não quero fazer um exercício de futurologia, mas existem outros temas que preocupam também e possas gerar manifestações futuras, como no caso dos caminhoneiros.” Analisou Aragão.

 

Confira a entrevista na íntegra.