De acordo com levantamento da Confederação Nacional da Indústria (CNI) a disputa comercial entre China e Estados Unidos turbinou as exportações brasileiras para a China em US$ 8,1 bilhões. As vendas nacionais passaram de US$ 22,589 bilhões, em 2017, para US$ 30,706 bilhões, no ano passado. Por princípio, uma guerra comercial não é boa nem indicada para nenhum país no médio e longo prazo, mas no curto prazo, o Brasil tem sido beneficiado.

Nesta segunda-feira (13), a China anunciou que planeja impor tarifas sobre US$ 60 bilhões em produtos dos Estados Unidos, depois que os EUA intensificaram a guerra comercial na semana passada, com uma elevação das tarifas em vigor sobre US$ 200 bilhões em produtos chineses.