Os principais eventos desta quinta-feira são os seguintes:
1. A Confederação Nacional do Comércio divulga Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor de abril
2. Os Ministros da Fazenda, Henrique Meirelles, e do Planejamento, Dyogo de Oliveira, participam em São Paulo da conferência “Infraestrutura na América Latina e no Caribe – Experiência e políticas para o futuro”
3. O Presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, reúne-se em São Paulo com Margaret Keller Dimock, representante do Massachusetts Institute of Technology (MIT) no Brasil

Reforma trabalhista no Senado

De acordo com entendimento entre governo e oposição, a Reforma Trabalhista no Senado será analisada simultaneamente pelas Comissões de Assuntos Econômicos (CAE), Assuntos Sociais (CAS) e de Constituição e Justiça (CCJ). Apesar da matéria ter sido extensamente analisada na CCJ da Câmara, o argumento da oposição foi uma diferença entre as prerrogativas e aspectos da CCJ do Senado que demandariam uma nova apreciação pelos senadores da comissão.

Reforma da Previdência na Câmara

A Comissão Especial da Câmara acaba de aprovar o parecer do Deputado Arthur Maia (PPS-BA) à Reforma da Previdência. Foram 23 votos a favor e 14 contrários.
A sessão foi interrompida várias vezes e teve momentos de tensão com a invasão da Câmara por agentes penitenciários. O relator havia incluído no texto os agentes penitenciários nas regras especiais de aposentadoria mas voltou atrás após a reação dos deputados à invasão da Câmara por manifestantes da classe.

Os deputados não concluíram a análise dos destaques durante a sessão e adiaram, para a próxima terça-feira (9), a continuidade da votação do parecer do relator.
O ministro da fazenda, Henrique Meirelles, disse que ainda não é possível calcular o impacto das mudanças já feitas na proposta e das que ainda virão com a análise no Senado.