O presidente Michel Temer se reúne com líderes dos partidos da base aliada, integrantes da comissão especial da reforma da previdência – incluindo o relator Arthur Maia (PPS-BA), e com os líderes e vice-líderes do governo na Câmara para discutir o tema.

Veja outros eventos desta terça-feira:

1. O Ministro do Turismo, Marx Beltrão, anuncia pacote de medidas do governo federal para estimular a atividade turística no Brasil
2. A Câmara pode votar projeto de lei que institui o Regime de Recuperação Fiscal dos Estados.
3. A Câmara promove debate sobre a Medida Provisória 759/16, que trata da regularização de imóveis urbanos e rurais.
4. O Senado pode votar projeto que cria o Documento de Identificação Nacional. O DIN reunirá dados biométricos e civis, como Registro Geral (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF) e título de eleitor.
5. A Comissão Mista de Orçamento se reúne para eleição da mesa do colegiado.
6. A Comissão Mista sobre a MP 754/16, que define normas de regulação para o setor farmacêutico, realiza audiência pública com representantes do Tribunal de Contas da União (TCU), da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos, do Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos (Sindusfarma), entre outros.
7. A Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Câmara discute a equiparação de idade entre homens e mulheres para fins de aposentadoria com o secretário da Previdência do Ministério da Fazenda, Marcelo Caetano.
8. A Comissão Mista sobre a MP 764/16, sobre a diferenciação de preço de bens e serviços em função do prazo ou do instrumento de pagamento utilizado, pode analisar o relatório do deputado Marco Tebaldi (PSDB-SC).
9. A Comissão Mista sobre a MP 759/16, que trata da regularização de imóveis urbanos e rurais realiza audiência pública com representantes da Casa Civil, Tribunal de Contas da União, entre outros.
10. Veiculação do programa partidário do PT, em cadeia de rádio e TV, com duração de dez minutos.
11. Início da reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central.
12. O Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) analisa as áreas de pré-sal a serem oferecidas, em regime de partilha, em leilões previstos para 2017, 2018 e 2019.