Além dos cortes no Orçamento da União governo pode, ou não, anunciar aumento de impostos.Os principais eventos desta terça-feira são os seguintes:
  1. A Câmara pode votar, entre outros itens, projeto de lei complementar que institui o Regime de Recuperação Fiscal dos Estados.
  2. A Comissão Especial sobre a Reforma da Previdência (PEC 287/16) realiza audiência pública com o presidente do Insper, Marcos Lisboa; a professora do Instituto de Economia da UFRJ Denise Gentil; o superintendente na Área de Planejamento e Pesquisa do BNDES, Fabio Giambiagi, entre outros.
  3. O Senado tenta votar projeto de lei que regulamenta a terceirização no país.
  4. O relator da Lava-Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Edson Fachin, pode começar a decidir sobre os 320 pedidos de abertura de inquérito da Procuradoria-Geral da República baseados nas delações da Odebrecht.
  5. A Confederação Nacional da Indústria lança a Agenda Legislativa da Indústria 2017. O documento conta com 131 proposições de interesse da indústria, sendo 16 destacadas como prioritárias.
  6. A Confederação Nacional do Comércio divulga Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor de março.
  7. O Tesouro Nacional divulga o Relatório Mensal da Dívida Pública de fevereiro.