O ministro Blairo Maggi (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) foi notícia em todos os jornais depois da Operação Carne Fraca da Polícia Federal (PF). O “Rei da Soja”, empresário e político representante do agronegócio foi pego de surpresa, em meio a uma licença saúde, e voltou imediatamente para apagar o incêndio. Dividindo-se entre coletivas de imprensa, reuniões com membros do Executivo, Legislativo e empresários do setor, além de visitas à fábricas, o ministro parece onipresente. Ainda não é possível avaliar com precisão o tamanho do impacto no mercado de carnes e derivados, mas Maggi e o presidente Michel Temer tem feito de tudo para minimizar os efeitos negativos do escândalo. Veja a seguir a sua presença online:

Blairo Maggi

Site

O ministro mantém um site bem atualizado com informações sobre sua carreira política, ações no Ministério e no Senado. No site Maggi também centraliza notícias e suas redes sociais.

Site Blairo Maggi

Facebook

O ministro faz bom uso das ferramentas disponíveis no Facebook, divulga a agenda e ações do ministério em imagens, vídeos e transmissões ao vivo. Como esperado, hoje a maioria das postagens em seu perfil faz referência à reação do ministério à operação da PF com o uso da hashtag #carneforte

Twitter

É no perfil do Twitter que Blairo Maggi atualiza com mais frequência o passo a passo de seu trabalho, com postagens mais diretas em primeira pessoa é a voz do ministro informando à população como os trabalhos estão sendo desenvolvidos.

Youtube

O canal de Blairo Maggi não tem postagens frequentes mas é uma amostra do trabalho de senador e ministro, com reportagens, videos de campanha, pronunciamentos  e discursos no plenário.

Instagram

Rede menos usada por Maggi, contém um perfil profissional com algumas imagens pessoais. Quando da divulgação de possíveis nomes da “Lista do Janot” Blairo se defendeu na seguinte postagem:

 

Conteúdo extra

Veja como foi a fala do ministro Blairo Maggi aos senadores, sobre a Operação Carne Fraca, na última quarta-feira (22). Video da TV NBR.