Sérgio Cabral Filho (PMDB-RJ) é um dos ícones da política no Rio de Janeiro. Ex-deputado, ex-senador, ex-governador do Rio de Janeiro, renunciou antes de concluir o seu segundo mandato. Conseguiu, no entanto, manter sua influência ao conseguir a eleição do seu vice Luiz Fernando Pezão para o governo do Estado. Esta semana, em um desdobramento da Operação Lava Jato, Cabral teve a prisão preventiva decretada e já ocupa uma cela do Pedrolino Werling de Oliveira, conhecido como Bangu 8, uma das unidades prisionais do Complexo de Gericinó, na Zona Oeste do Rio. O ex-governador é suspeito de liderar um esquema de corrupção que teria, segundo o juiz Sérgio Moro, saqueado o estado obtendo vantagens das empreiteiras contratadas para executar grandes obras de construção civil. As propinas chegariam a R$ 224 milhões. Sérgio Cabral não possui presença online então faremos um panorama do que vêm sendo noticiado sobre a investigação.

Globo News

O programa Em Pauta, da Globo News, fez na noite de quinta-feira (17), um relato completo sobre a prisão do ex-governador do Rio de Janeiro com informações atualizadas de sua transferência para o presídio de Bangu 8. A reportagem conta com informações detalhadas do relatório do MPF e dos pedidos de prisão emitidos pelos juízes Breta e Moro da Lava Jato do Rio e de Curitiba. Os comentaristas da Globo News fizeram uma análise da repercussão internacional e do momento político onde os grandes esquemas de corrupção estão sendo revelados.

Cabral - Em Pauta Globo News

Coletiva de imprensa do MPF

Vários meios transmitiram ao vivo a coletiva de imprensa dos procuradores do Ministério Público Federal sobre o esquema investigado. O procurador Lauro Coelho Junior detalhou como teria sido a participação de Sérgio Cabral e demais envolvidos no esquema de propinas.

Folha de SP

O jornal está publicando notícias atualizadas sobre Cabral e traçando possíveis repercussões políticas da prisão para o PMDB e para Eduardo Paes.

Cabral - Folha de SP

Estadão

O Estadão em seu canal do Youtube publicou um comentário de Vera Magalhães sobre a semana na política. No comentário, a jornalista fala da temperatura política atual e do comportamento dos deputados com os últimos acontecimentos. Fala das prisões de Garotinho e Cabral, do adiamento de votações sobre o caixa 2 e as 10 medidas contra a corrupção na Câmara, bem como da atual intolerância da opinião pública com qualquer esquema suspeito envolvendo agentes do poder público.