O personagem da semana é o atual governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg (PSB-DF). Hoje, em pronunciamento no Palácio do Buriti, informou que os servidores não receberão o reajuste prometido. A medida era parte de um escalonamento de valores aprovados ainda na gestão de Agnelo Queiroz (PT-DF) e parcelados pela gestão atual.

Apesar das medidas de austeridade que, desde 2015, incluíram cortes de secretarias, redução de cargos comissionados, aumento de impostos e reajuste nas tarifas de ônibus e do Metrô, o governo do DF completa já dois anos sob restrições por descumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal. Com isso Rodrigo Rollemberg enfrenta repetidas greves e problemas com muitos sindicatos de classe. No entanto, o governador defende a necessidade de suspensão dos reajustes.

“Eu não vou quebrar Brasília, não vou ficar conhecido como o governador que quebrou Brasília. Quero ser conhecido como o governador que equilibrou as contas da cidade”. – disse Rollemberg em seu pronunciamento.

Veja como é a sua presença online:

Facebook

O perfil do governador funciona como um importante canal de divulgação das ações de sua gestão.

facebook Rollemberg

Hoje foi divulgado o pronunciamento acerca do reajuste.

Twitter

No perfil do microblog também aparece a divulgação da agenda de Rollemberg, além de notas oficiais e divulgação de ações.