O presidente Michel Temer participa, na terça-feira (20), da cerimônia de abertura da 71ª Assembleia Geral da ONU. Para o dia anterior, está marcada reunião de alto nível sobre migrantes e refugiados convocada pelo secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon.

Na quarta (21), Temer participa de reunião, também de alto nível, para ratificar o Acordo de Paris sobre mudança do clima. No mesmo dia, tem encontro com empresários promovido pelo Conselho das Américas e da Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos. O ministro Henrique Meirelles fará apresentação do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI). Temer se reúne ainda com um grupo de CEOS e gestores de fundos institucionais para apresentar oportunidades de investimento no Brasil.

Temer terá encontros com os presidentes da Nigéria, Muhammadu Buhari, de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, e do Uruguai, Tabaré Vázquez. O presidente ainda receberá o chairman do Fórum Econômico Mundial, Klaus Schwab, que falará sobre a reunião de Davos, na Suíça.

TENDÊNCIA: Boa receptividade de empresários ao PPI

Congresso tenta concluir votação da LDO

O Congresso realizará sessão nesta segunda (19), às 19h, e na terça (20), às 11h, para concluir a votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2017 (PLN nº 2/2016). Estão pendentes de votação três destaques. Dois deles tratam praticamente do mesmo assunto e visam evitar que os recursos orçados para a área de ciência e tecnologia em 2017 sejam bloqueados.

O terceiro destaque retira do texto permissão para o governo alterar em até 20% a composição da carteira de obras do PAC. O governo é contra. A retirada do dispositivo exigirá que qualquer alteração no conjunto de projetos com identificador próprio do PAC seja submetida ao Congresso.

TENDÊNCIA: Conclusão da votação