Levantamento feito pela Arko Advice indica que a Comissão Especial da Câmara deve aprovar, com folga, o parecer do deputado Darcísio Perondi (PMDB-RS) à PEC que estabelece um limite para os gastos públicos.

O estudo aponta para um placar de 27 votos a favor e seis contrários. A estimativa foi feita com base no comportamento de cada parlamentar em 70 votações de interesse do governo entre 12 de maio até o mês de agosto.

A tendência de aprovação com placar dilatado não significa que não possam ocorrer mudanças. Entretanto, como para aprovar a PEC na comissão é necessário apenas maioria simples, tudo indica que o texto final tende a ser muito próximo daquele defendido pelo Palácio do Planalto. A batalha mais difícil será travada no plenário.