Shinzo Abe (ou seria Mario Bros?) poderia salvar a presidente Dilma Rousseff do processo de impeachment? Veja a crônica de Gilberto Menezes Côrtes: