O presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), oficializou a renúncia ao cargo de presidente da Casa no início da tarde desta quinta-feira. Cercado de aliados, Cunha comunicou sua decisão no Salão Verde. Cunha leu durante 7 minutos um carta entregue à Mesa Diretora da Casa e, em alguns momentos, se emocionou.  Ao encerrar seu pronunciamento, Cunha desejou sucesso ao presidente interino Michel Temer e ao futuro presidente da Câmara. (O Globo)

Com medo de rombo de R$ 194 bi, Temer quer meta fiscal apertada

Preocupado com projeção de rombo de R$ 194 bilhões em 2017, o presidente interino, Michel Temer, orientou a equipe econômica a levar para ele nesta quinta-feira (7) a meta fiscal “mais apertada possível” para demonstrar disposição de seu governo em reequilibrar as contas públicas. Em reunião com assessores nesta quinta, Temer comentou que a projeção de rombo de R$ 194 bilhões no próximo ano, caso o governo não adote nenhuma medida para reduzi-lo, é “preocupante” e, por isto, determinou fixar “uma meta bem apertada”. (Folha)

Conselheiro do Carf preso em flagrante exigiu R$ 1,5 milhão em propina, afirma PF

O membro do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (CARF), João Carlos Figueiredo Neto, preso em flagrante na noite de quarta-feira, 6, pela Polícia Federal, exigiu R$ 1,5 milhão de propina. Conselheiro orador do processo de fusão Itaú Unibanco, João Carlos Figueiredo Neto foi detido por extorsão no café Suplicy, do Shopping Iguatemi em Brasília por volta das 21h. (Estadão)