Nesta segunda, 13, o ministro do Supremo Tribunal Federal, Teori Zavascki, determinou que as investigações relativas à propriedade de um sítio em Atibaia, e um triplex no Guarujá, ambos em SP, atribuídas ao ex-presidente Lula, fossem enviadas ao juíz federal Sérgio Moro.

As atenções voltam-se novamente ao ex-presidente petista. Em sua coluna de hoje no G1, Cristiana Lôbo coloca a decisão do ministro do STF como tudo o que Lula quis evitar até então. Confira o texto neste link.

Algumas dúvidas surgem, com a volta da investigação contra Lula para a 1ª instância. Seguem algumas perguntas e respostas com as principais possibilidades para os próximos dias:

Lula pode mesmo ser preso?

O ex-presidente não conta mais com foro privilegiado, e se for provado que ele cometeu atos ilícitos, ele pode sim ser preso pode ser preso. O fato de Lula ser ex-presidente da República pode influenciar na cautela e no trato das investigações, mas não pode impedir uma prisão caso esta seja uma decisão judicial.

“O Lula está consciente, Lula disse, acha que a qualquer momento pode ser preso. Acho até que ele sabia desse pedido de prisão lá…” (Sérgio Machado, ex-presidente da Transpetro, em conversa com Renan Calheiros, presidente do Senado)

Crédito: PAULO LISBOA/BRAZIL PHOTO PRESS/PAGOS; WILTON JUNIOR/ESTADÃO CONTEúDO; MÁRCIO FERNANDES/ESTADÃO CONTEÚDO; Marco Ambrosio/AE
Crédito: PAULO LISBOA/BRAZIL PHOTO PRESS/PAGOS; WILTON JUNIOR/ESTADÃO CONTEúDO; MÁRCIO FERNANDES/ESTADÃO CONTEÚDO; Marco Ambrosio/AE

Quantas ações existem atualmente contra o ex-presidente?

Lula responde inquérito da Operação Lava-Jato sobre ocultação patrimonial do sítio em Atibaia, e outro do Ministério Público de SP envolvendo um triplex no Guarujá, ambos em SP. Restam ainda acusações envolvendo lavagem de dinheiro, tráfico de influência e envolvimento em esquema de MP’s, na Operação Zelotes. Apesar de ter sido desconsiderado pelo ministro do STF, Teori Zavascki, o audio da conversa com Dilma, referente a entrega do termo de posse pode se desdobrar também num inquérito.

Confira as 4 frentes atuais de investigação contra o ex-presidente Lula clicando na imagem abaixo:

Foto: Ricardo Stuckert/ Instituto Lula
Foto: Ricardo Stuckert/ Instituto Lula

Qual será a reação esperada dos simpatizantes do PT?

Na época em que Lula foi alvo de condução coercitiva por parte da Polícia Federal, houve protesto e mobilização por parte da militância e de movimentos sociais solidários ao ex-presidente. É provável que a comoção se repita, mas é difícil que ganhe coro na sociedade como um todo, de acordo com o cientista político Cristiano Noronha. A estratégia provavelmente será, como tem sido até o momento, de tratar uma possível prisão como gesto político para inviabilizar uma provável candidatura em 2018.

Corro risco de ser candidato em 2018. (Luís Inácio Lula da Silva, em discurso).

Confira na íntegra o discurso de Lula na Avenida Paulista, em 10 de Junho:

O que torna Lula diferente de Cunha, Renan, Sarney e cia?

Ainda de acordo com Cristiano Noronha, trazer comparações com as investigações contra a cúpula do PMDB deve ser outro ponto a ser levantado pelos simpatizantes de Lula. É preciso levar em consideração, neste caso, que apenas Lula não conta com foro privilegiado, e que os processos estão em fases distintas, tramitando em níveis diferentes de autoridade. É natural que não haja linearidade nas decisões judiciais.

E se o ex-presidente petista for mesmo preso?

Ao contrário de Nestor Cerveró, Marcelo Odebrecht, e outros presos a mando do juiz Sérgio Moro, é possível que Lula, em caso de uma suposta prisão, não se envolva em delações premiadas, pois isso seria assumir culpa. O discurso adotado provavelmente seria o de prisão política.

Para saber mais:

Ouça todas as escutas envolvendo o ex-presidente Lula neste link.

Veja a repercussão da decisão de Teori Zavascki em algumas colunas:

Reinaldo Azevedo (matéria completa no link)

Captura de Tela 2016-06-14 às 17.51.43

 

Noblat (matéria completa no link):

Captura de Tela 2016-06-15 às 16.27.31

Carta Capital (matéria completa no link):

Captura de Tela 2016-06-14 às 17.56.33