Após ser citado no acordo de delação premiada do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado, o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, pediu demissão do cargo na tarde desta quinta-feira (16), informou a assessoria do Palácio do Planalto. Na delação, ex-presidente da Transpetro afirmou que repassou a Henrique Alves (PMDB-RN), R$ 1,55 milhão em propina entre 2008 e 2014. (G1)

Renan diz que Rodrigo Janot ‘extrapolou os limites’ ao pedir prisões

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), voltou a atacar o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, nesta quinta-feira (16). Para Renan, Janot “extrapolou” os limites ao pedir a prisão e emitir mandatos de busca e apreensão de senadores no exercício do mandato. Renan adiantou que irá analisar um dos nove pedidos de impeachment de Janot na Casa até a próxima quarta-feira, 22, mas negou que haja uma tentativa de intimidação ao procurador. “Pelo contrário. Você acha que ninguém intimida o PGR? Quando as pessoas perdem o limite da Constituição, perdem também o limite do ridículo”, reagiu. (Estadão)