O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, enumerou em petição ao Supremo Tribunal Federal 11 motivos para o ‘necessário e imprescindível’ afastamento do presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), do mandato de parlamentar e de líder da Casa. O documento foi entregue ao STF em dezembro de 2015, mas a Corte ainda não tomou uma decisão. (Estadão)

No dia da eleição da comissão no Senado, Dilma se reúne com ministros

A presidente Dilma Rousseff permaneceu no Palácio da Alvorada na manhã desta segunda-feira em reunião com os ministros Jaques Wagner (chefe do gabinete pessoal), Ricardo Berzoini (Secretaria de Governo) e Nelson Barbosa (Fazenda). À tarde, acontece a eleição dos senadores que formarão a comissão especial de impeachment da Casa, que deve votar um parecer em duas semanas. (O Globo)

Lula afirma que Brasil terá luta e viverá combate democrático

Ao discursar para dirigentes de partidos de esquerda, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva previu “momentos de combate democrático” no país. A fala foi realizada no seminário internacional da Aliança Progressista, que reúne legendas de esquerda de diferentes países, nesta segunda-feira (25). (Folha)