Cunha se diz obrigado a aceitar mais 9 pedidos de impeachment

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), disse nesta sexta-feira, 8, que será obrigado acatar outros nove pedidos de impeachment da presidente Dilma Rousseff caso seja mantida a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello que determinou a abertura de processo para afastamento do vice-presidente Michel Temer. (Estadão)

Zelador é demitido do prédio do tríplex e relata pressão após depor sobre Lula

Depois de quase três anos de serviços prestados, o zelador José Afonso Pinheiro, do edifício Solaris, no Guarujá, onde o ex-presidente Lula teve um apartamento, foi demitido nesta quinta-feira. Segundo Pinheiro, nenhum incidente aconteceu no período anterior à dispensa e o síndico, Mauro de Freitas, teria lhe dito apenas que seus serviços não eram mais necessários, sem mais explicações. Para ele, a causa da demissão é política. — Certeza que tem a ver com o depoimento que prestei. Depois que falei ao promotor, o pessoal da OAS tentou me constranger, dizendo que tava falando mentira, que tinha falado demais. (O Globo)

Ministério Público pede a condenação de Dirceu em ação da Lava Jato

O Ministério Público Federal pediu a condenação do ex-ministro José Dirceu e de outras 14 pessoas em uma ação penal da Operação Lava Jato. Em alegações finais do processo, protocoladas nesta quinta-feira (7), os procuradores afirmam que Dirceu possibilitou que grande parte do esquema na Petrobras se desenvolvesse ao ser o responsável pela indicação de Renato Duque à Diretoria de Serviços da Petrobras. (Folha)