Assuntos que merecem destaque nesta terça-feira:

  1. Preso há 175 dias por suspeitas de embolsar milhões de reais em propina no esquema do petrolão, o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu decidiu falar. Segundo advogados do ex-ministro, ele vai apresentar ao juiz Sergio Moro na sexta-feira sua versão sobre as acusações de que recebeu dinheiro sujo de empreiteiros investigados pela Operação Lava-Jato e de que lavou os recursos em viagens de jatinho, imóveis e consultorias fictícias.
  2. O Brasil passa por um período de “transição econômica” e “dificuldades temporárias”, mas não está paralisado. Esta é a avaliação feita por Dilma em entrevista, no domingo (24), ao jornal El Comercio, do Equador. “Confio que a economia brasileira vai superar estes desafios e emergir mais forte e mais competitiva. O Brasil não parou nem vai parar”, afirmou.
  3. Seis cidades brasileiras perdem mais de um terço de seus empregos. Investigações da Operação Lava-Jato, queda na cotação do minério de ferro e fim de grandes obras puxam demissões. Levantamento feito pelo jornal Valor considerou as mil localidades com mais vagas formais no País.

Eventos do dia:

  • 9h – Aneel discute mudança no sistema de bandeiras tarifárias.
  • 10h – Reunião da Executiva Nacional do PT.