Dilma diz que retorno da CPMF é ‘questão de saúde pública’

Nesta quinta-feira, em um café da manhã com jornalistas no Palácio do Planalto, a presidente Dilma Rousseff declarou que a recriação da CPMF é “questão de saúde pública” e uma forma de solucionar a crise na Saúde enfrentada por estados brasileiros como o Rio de Janeiro. Ela afirmou que cada caso deverá ser avaliado separadamente, mas disse que o retorno do imposto aliviará a situação nos estados e municípios. (O Globo)

Marina diz que Dilma não tem mais liderança no país

A ex-senadora e ex-candidata a presidente da República Marina Silva (Rede) afirmou, em entrevista à Rádio Gaúcha, que a presidente Dilma Rousseff “não tem mais a liderança política no País nem maioria no Congresso”. Marina disse que Dilma e o vice-presidente Michel Temer (PMDB) são os responsáveis pelos desmandos geradores, na avaliação dela, da crise brasileira e defendeu o processo de cassação da chapa vitoriosa das eleições de 2014 como forma de afastá-los do cargo. (Estadão)

Conta de luz pode começar a cair a partir de fevereiro

A partir de fevereiro, a conta de luz pode ser reduzida em, aproximadamente, 10%, conforme indicam as projeções para o preço da energia elétrica em 2016. A geração de energia poderia começar a ficar mais barata logo no segundo mês do ano, de acordo com as previsões feitas pela CCEE (Câmara de Comercialização de Energia Elétrica). (Folha)