Destaques:

  1. Em 2015, para segurar o dólar, o Banco Central (BC) perdeu R$ 89,7 bilhões com intervenções no câmbio. É a maior perda anual na série histórica, que teve início em 2003. No ano passado a alta da moeda americana alcançou 48,5%.
  2. Jaques Wagner, ministro da Casa Civil, afirmou, depois de reunião com vice-presidente Michel Temer, que governo não tem “coelho na cartola” para a economia. Já o Temer declarou que a recuperação econômica deve ser “passo a passo”.
  3. No ano mais difícil de sua história, o PT, em vez de encolher, como apontavam as previsões, aumentou o número de militantes em 2015. Na maior crise enfrentada desde a fundação, há 35 anos, o partido registrou a saída de 18 mil filiados, mas recrutou 46 mil novas pessoas para suas fileiras, de acordo com dados do Sistema de Filiados (SisFil) do PT.

Agenda:

  • 15h: Dilma recebe a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, no Palácio do Planalto.